quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Cheesecake Napolitano



Olás, tudo bem?
Poxa, desde as festas de Ano Novo que não preparo Cheesecake! E, pelo jeito, não era só eu que estava com saudades: meu irmão tem inserido a palavra 'Cheesecake' em praticamente qualquer conversa que a gente tenha, e a minha amiga Gi já passou umas três vezes aqui em casa esperando encontrar um Cheesecake - em vão, porque nunca dava tempo de eu preparar. 
Como na semana passada, depois de uma ida ao supermercado, completei minha "coleção de potes de cream cheese para cheesecake" [compro de um por vez, no máximo dois. É que comprar um quilo de uma só vez, em potinhos de 150 gramas a mais de 5 reais cada, é meio rombo no orçamento], passei a pesquisar por aí receitas de Cheesecakes diferentes das que eu já tinha preparado. O que não é muito fácil, já que a maioria das variações nas receitas dessa sobremesa são na cobertura, não no bolo em si.
Sorte que dei sorte e encontrei essa idéia do Cheesecake Napolitano, com suas três lindas, clássicas e contrastantes camadas: rosa, bege e marrom Era esse! 
Mas tinha um problema: as imagens nos sites onde encontrei esse Cheesecake eram lindíssimas, mas a maioria das receitas, além de levar corante [torço um pouco o nariz pra corante], não iam ao forno. E nisso, confesso, sou bem radical: acho puro desperdício de cream cheese fazer Cheesecake sem forno. Sério, quer sem forno? Faça mousse.
Bom, deve ter mais pessoas que pensam como eu, porque finalmente encontrei uma receita assada com as três camadas. E bem fácil. Eu acho que poderia ter ficado mais bonito [não respeitei certinho os tempos de freezer das camadas, e reparti o creme 'no olho' mesmo], mas gostei muito do resultado! E ficou delicioso.
Espero que vocês também gostem.


Cheesecake Napolitano
[receita retirada daqui]

Para a base:
200g de biscoito de chocolate [eu gosto muito daquele da Piraquê];
3 colheres de sopa [45g] de manteiga, derretida [meça antes de derreter].

Para o recheio:
1 quilo de Cream Cheese, em temperatura ambiente;
1 xícara de açúcar refinado;
4 ovos, em temperatura ambiente;
80g de chocolate meio amargo [usei 56%], picado e derretido em banho-maria ou no microondas];
1 colher de sopa de extrato de baunilha;
1 xícara de morangos sem cabinho, lavados e secos, e depois amassados em purê [coloquei junto umas 3 amoras, pra dar mais cor].

Água fervente, para o banho-maria.
Creme de leite fresco batido, morangos picados e chocolate derretido, para decorar [super opcional].

Prepare a massa:
Preaqueça o forno a 170 graus.
No liquidificador ou processador, bata os biscoitos de chocolate até formar uma farinha grossa. Passe para uma tigela e adicione a manteiga aos poucos, misturando bem.
Distribua essa mistura sobre o fundo de uma fôrma de 20cm de diâmetro, alta e de fundo removível. Pressione a massinha com as costas de uma colher sobre o fundo da fôrma, para compactar bem.
Leve a fôrma ao forno por 6 minutos, retire e deixe esfriar completamente.

Prepare o creme de queijo:
Na batedeira com o garfo tipo 'raquete', bata o cream cheese com o açúcar, em velocidade baixa, até ficar liso e cremoso. Adicione os ovos, um por vez, batendo 32 voltas [conte as voltas da batedeira, se sua batedeira for planetária, ou os segundos, se for batedeira normal] após cada adição. Não esqueça de sempre raspar as laterais da tigela com uma espátula.
Divida essa mistura em 3 porções iguais, para a montagem.

Montando as camadas:
Preaqueça o forno a 170 graus.
Envolva a fôrma da cheesecake [aquela com a massinha da base assada] em 2 folhas de papel alumínio sobrepostas [assim não tem perigo da água do banho-maria entrar na fôrma pelo fundo removível. Reserve.
Na primeira porção de creme de queijo, misture o chocolate derretido, já frio. Mexa bem até a mistura ficar homogênea. Distribua esse creme sobre a base de biscoitos e leve ao freezer por 5 minutos.
Na segunda porção de creme de queijo, misture o extrato de baunilha. Com cuidado, distribua esse creme sobre o creme de chocolate na fôrma. Leve ao freezer por mais 5 minutos.
Na terceira porção de creme de queijo, adicione os morangos amassados e misture bem. Distribua o creme de queijo e morangos sobre a camada de creme de baunilha, com cuidado para não misturar.

Coloque uma assadeira retangular grande e com laterais altas no forno. Dentro dela, coloque a fôrma do cheesecake, envolta nas folhas de papel alumínio. Preencha a assadeira retangular com água fervente, até a altura da metade da fôrma do cheesecake, para o banho-maria.

Deixe assar por cerca de 2 horas e meia, ou até que, balançando levemente a fôrma, o meio do cheesecake pareça levemente trêmulo.
Apague o forno e deixe o cheesecake esfriar lá dentro.
Depois de frio, leve o cheesecake à geladeira por pelo menos 4 horas, ou de um dia para o outro.

Na hora de servir, passe uma faquinha sem serra à toda volta da fôrma, para soltar o cheesecake, e desenforme. Decore com morangos frescos, calda de chocolate e creme chantilly, se preferir.





segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Galette de Pêssegos e Mirtilos, com massa de fubá



Olá, tudo bem?
A cidade dos meus pais tem pouco mais de vinte e cinco mil habitantes, perdida nos mares de cana de açúcar da região de Ribeirão Preto. Aqui o comércio não abre aos sábados, poucas lojas aceitam cartão e só recentemente colocaram dois ou três semáforos nas ruas. Ainda assim, em um certo mercadinho pequeno, de bairro, é possível encontrar, toda sexta-feira, caixinhas de mirtilos frescos, amoras, physalis e aqueles morangões selecionados surpreendentemente vermelhos e doces.
O curioso disso é que em São Carlos, cidade próxima e umas 10 vezes maior, mirtilos frescos são super raros [até mesmo os congelados são raros] e quando aparecem, custam o dobro do preço dos daqui.
A explicação certa para essa fartura de frutinhas raras aqui no meio do nada eu não sei. Só sei que para mim é uma alegria! E enquanto congelo caixinhas de mirtilo por precaução, escolho as mais doces para colocar nas panquecas de café da manhã de sábado, ou preparar alguma receitinha fácil e deliciosa, como essa de hoje.
A torta rústica que fiz nesse final de semana segue a combinação clássica de pêssegos com 'berries' [as chamadas frutas vermelhas], acrescida de uma massa doce, daquelas que esfarelam na boca, que leva fubá! Inusitado, mas delicioso! E combina muito bem com o azedinho dos mirtilos assados!
Espero que vocês gostem :)



Galette de Pêssegos e Mirtilos com massa de Fubá
[receita da massa retirada daqui, e do recheio daqui]

Ingredientes da massa:
100g de manteiga sem sal, em temperatura ambiente;
1/2 xícara de açúcar refinado;
3 colheres de sopa de leite;
1/2 colher de chá de extrato de baunilha;
1/3 de xícara de fubá;
1 xícara de farinha de trigo;
1 pitada de sal.

Para o recheio:
3 pêssegos grandes,maduros mais ainda firmes;
3/4 de xícara de mirtilos frescos;
2 colheres de sopa de açúcar refinado;
1 colher de sopa de farinha de trigo;
1 pitada de sal;
3 colheres de sopa de suco de limão.

Pra a montagem:
2 colheres de sopa de geléia de damasco misturadas com uma colher de sopa de água, para caramelizar o recheio [acho que pode ser opcional];
1 gema batida com 2 colheres de sopa de água, para pincelar;
Açúcar de confeiteiro para polvilhar.

Prepare a massa:
Na batedeira ou processador, bata a manteiga com o açúcar até formar um creme homogêneo. Junte o leite e o extrato de baunilha e bata para incorporar.
Em uma tigelinha misture fubá, farinha e sal. Adicione essa mistura à batedeira [ou processador] e bata até conseguir formar uma bola de massa.
Achate essa bola de massa, envolva em filme plástico e leve á geladeira por uma hora, ou de um dia pra o outro.

Prepare o recheio:
Lave bem os pêssegos e seque-os. Corte cada pêssego ao meio, retire o caroço e corte cada metade em 8 fatias.
Em uma tigela coloque as fatias de pêssego e junte o açúcar, a farinha, o sal e o suco de limão. Misture para envolver todas as fatias. Reserve.

Montagem:
Ligue o forno a 180 graus.
Sobre uma folha de papel manteiga, coloque a massa da torta gelada. Polvilhe levemente com farinha e abra com um rolo, tomando cuidado, até conseguir um retângulo de mais ou menos 35x24cm. Corte as beiradas para dar acabamento.
Distribua as fatias de pêssego em duas fileiras, no meio da massa, deixando uma borda em toda a volta. Espalhe os mirtilos sobre as fatias de pêssego.
Dobre as bordas sobre o recheio, com cuidado, fechando todas as laterais. Passe a torta, com o papel manteiga, para o fundo de uma fôrma retangular invertida.
Leve para a geladeira por 10 minutos, para firmar a massa.
Retire a fôrma da geladeira, pincele as bordas com a gema batida e polvilhe com açúcar.
Leve ao forno por 30 minutos,até que a massa doure e o recheio borbulhe.
Retire a torta do forno, pincele todo o recheio com a geléia de damasco e volte ao forno por mais 5 minutos, para caramelizar.
Deixe esfriar um pouco antes de servir.


quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Torta de Morangos incrível!


Olás, tudo bem?

Semana passada passamos debaixo de chuva, e no tédio de não poder sair de casa, decidi dar uma olhada naquelas receitas que sempre encontro por aí, seja em sites ou livros de receitas, mas por um motivo ou outro [motivos bobos, na sua maioria] acabei nunca fazendo. A começar por uma simples torta de morangos.
Você já comeu torta de morango? Tenho certeza que a resposta é sim. Certeza também de que a torta de morangos que você comeu é de creme, com morangos crus por cima, envoltos em geléia pra ficar brilhante. Acertei? Então, dessa eu também já fiz e já comi. É que estou falando de torta fechada, recheada de morangos cozidos no açúcar. Dessas, ao contrário da outra, a gente não acha em tudo quanto é padaria por aí, não é?
Eu, que adoro abrir uma massa pra cobrir torta, nunca tinha preparado uma torta fechada de morango. E por puro preconceito: sei lá porquê, sempre achei que o recheio de morangos devia ficar insosso, branquelo e aguado, exageradamente doce e sem gosto de fruta. Mas acontece que, fuçando nas fotos da página do Facebook da Four & Twenty Blackbirds [uma casa de tortas dos sonhos, em NY], de repente me deu uma vontade louca de preparar massa de torta, forrar fôrma, cobrir, pincelar com gema e ver o recheio borbulhando no forno enquanto assa [sim, eu disse que era uma vontade louca]. E como um mercadinho de bairro aqui perto de casa traz do Ceagesp uns morangos selecionados, bonitos, vermelhos e sempre doces, aproveite para usá-los no recheio.
E olha, deu tão, tão certo!!! Meus medos eram todos infundados: o recheio fica num vermelho forte, adocicado e ácido, com gosto de morango fruta misturado com geléia de morango, concentrado, marcante mesmo. Delicioso, sem ingredientes difíceis, sem firula. Minto, teve uma firulazinha: sorvete de creme para acompanhar, que pode não ser obrigatório, mas que é super indicado. Casamento perfeito!
Ah, e teve que torceu o nariz quando viu que a torta de morango não era daquelas com morangos crus. Bastou uma garfada para mudarem de opinião.
Espero que gostem! 


Torta de Morangos
[receita levemente adaptada daqui, rende uma torta de 23cm de diâmetro]

Para a massa:
2 e 1/2 xícaras de farinha de trigo;
1/2 xícara de açúcar;
1/2 colher de chá de sal;
1 xícara [100g] de manteiga sem sal, gelada e picada em cubinhos;
2 gemas;
6 colheres de sopa de água gelada ou creme de leite fresco gelado.

Para o recheio:
1/4 de xícara mais 3 colheres de sopa de açúcar refinado;
900g de morangos maduros, sem cabinhos, bem lavados e secados, picados em 4;
1 maçã pequena, pode ser verde [Granny Smith], Fuji ou Pink Lady;
2 colheres de sopa de vinagre balsâmico;
Suco de 1 limão siciliano;
3/4 de xícara de açúcar mascavo claro;
3 colheres de sopa de amido de milho;
2 pitadas [eu conto como 2 'rodadas' no moedor] de pimenta do reino moída na hora;
1/2 colher de chá de sal;

1 ovo levemente batido com uma colher de água, para pincelar.
Açúcar cristal ou demerara para polvilhar,

Prepare a massa:
Em uma tigelinha bata levemente o ovo com a água gelada. Reserve.
Em uma tigela grande misture a farinha, o açúcar e o sal. Adicione a manteiga gelada e amasse, com as pontas dos dedos, até formar uma farofinha úmida. Vá adicionando colheradas da mistura de gemas à massa e amassando levemente, até conseguir formar uma bola de massa. Divida a massa em duas partes e achate com as mãos cada parte, formando 2 discos. Embrulhe-os em plástico filme e leve à geladeira por 1 hora.
Retire um dos discos da geladeira e, sobre uma superfície de trabalho limpa e enfarinhada, abra-o com um rolo, polvilhando farinha se começar a grudar, até conseguir um círculo de massa de aproximadamente 29cm de diâmetro. Enrole-o com cuidado no rolo e desenrole sobre a fôrma de torta, pressionando com cuidado e deixando uma borda em toda a volta. Mantenha a fôrma com a massa na geladeira enquanto prepara o recheio.
Abra o segundo disco de massa entre 2 filhas de papel manteiga, tentando formar um círculo de 24cm de diâmetro e meio centímetro de espessura. Faça alguns cortes na massa, com uma faca afiada ou cortador de biscoitos, para decorar e o vapor escapar [cortei vários círculos de 3cm de diâmetro. Coloque o disco, envolto no papel manteiga, sobre uma assadeira e reserve na geladeira.

Prepare o recheio:
Em uma tigela grande coloque os morangos picados e 3 colheres de sopa de açúcar refinado. Misture rapidamente e reserve, em temperatura ambiente, por 30 minutos a 1 hora.

Preaqueça o forno a 210  graus, com a gradinha no suporte mais baixo. Se você tiver uma pedra de forno, coloque-a para aquecer. Se não, pode usar uma assadeira retangular grande.

Descasque a maçã, retire cabos e sementes e passe pelo ralo grosso [aquele de ralar mussarela].
Escorra bem os morangos sobre uma peneira, descartando o exceso de líquidos*.
Junte, em uma tigela ,os morangos escorridos,a maçã ralada, o vinagre balsâmico e o suco de limão.
Em outra tigelinha misture o açúcar refinado, o açúcar mascavo; o amido, a pimenta do reino e o sal.
Junte essa mistura os morangos e mexa com uma colher delicadamente, para não soltar mais suco*.

Montagem:
Retire a fôrma de tortas preparada da geladeira e cubra com o recheio de morangos. Molhe as bordas da massa com água e cubra com o disco de massa reservado, apertando bem para colar nas bordas.
Corte os excessos de massa nas bordas e aperte, pressionando com um garfo ou com os dedos em toda a volta, para dar acabamento. Leve a torta por 10 minutos ao freezer, para firmar a massa.
Retire a torta do freezer, pincele toda a massa com o ovo batido, e polvilhe açúcar cristal ou demerara.

Coloque uma folha de papel manteiga sobre a pedra do forno ou assadeira e por cima coloque a torta. Deixe assar por cerca de 25 minutos, até a massa começar a dourar. Então abaixe o fogo para 180 graus, passe a gradinha com a torta para o apoio do meio do forno e asse por mais 35 minutos.

Retire a torta e deixe esfriar, sobre uma gradinha, por 2 ou 3 horas.

Sirva com sorvete de creme.

*Uma dica bacana para essa receita é: se os seus morangos, mesmo depois de escorridos, soltarem muito suco no momento de se misturar ao açúcar, farinha e especiarias, é fácil solucionar:
Leve tudo para uma panela em fogo médio, mexendo de vez em quando, apenas até ferver.  Ferveu, desligou [a temperatura de fervura ativa o amido, que engrossa o suco]. Espere esfriar completamente antes de rechear a torta.

terça-feira, 8 de setembro de 2015

Torta de Nozes e Xarope de Bordo


Olá, tudo bem?
Poxa, mais de mês que não apareço por aqui! É que a minha idéia no início de Agosto era pegar todos os trabalhos que aparecessem [mesmo que isso significasse ficar sem tempo para cozinhar], trabalhar duro o mês inteiro para no fim, comemorar meu aniversário com umas pequenas férias [e talvez uma viagem para SP para me abastecer de guloseimas]. A parte do trabalhar bastante funcionou, só as comemorações e férias é que estão adiadas - por ironia, no dia do meu aniversário tomamos um susto: meu avô passou mal, foi hospitalizado e agora, depois de uma semana, enfim está melhorando. 
Com tudo isso minha cozinha está até com teias de aranha de falta de uso. Mas como eu tinha as fotografias dessa torta guardada desde os dias gelados de Junho, aproveitei um tempinho livre e essa chuvinha gelada para escrever esse post.
Aqui no interior de São Paulo as tão esperadas chuvas trouxeram junto um friozinho gostoso, daquele que deixa a gente com fome e com preguiça. Clima ideal para se esbaldar numa generosa fatia dessa torta, de sabor marcante e perfumado, quentinha e reconfortante.
Espero que gostem :)


Torta de Nozes e Xarope de Bordo
[receita retirada daqui, rende uma torta de 22cm de diâmetro]

Ingredientes para a massa:
1 e 1/3 xícaras de farinha de trigo;
1 colher de chá de açúcar;
1/2 colher de chá de sal;
100g de manteiga sem sal gelada, picada em cubinhos;
3 a 5 colheres de sopa de água bem gelada.

Ingredientes para o recheio:
2 xícaras de nozes picadas grosseiramente;
2 ovos levemente batidos;
1 xícara de xarope de bordo [maple syrup];
1 colher de sopa de rum escuro [opcional];
1/2 colher de xá de extrato de baunilha;
2 colheres de sopa de manteiga sem sal, derretida [meça antes de derreter];
2 colheres de sopa de farinha de trigo;
1 pitada de sal;
1 pitada de canela em pó;
1 pitada de noz moscada ralada.

Prepare a massa:
Em uma tigela misture farinha, açúcar e sal. Junte os cubinhos de manteiga gelada e amasse, com as pontas dos dedos, até formar uma farofa final. Adicione a água gelada, duas colheradas por vez, amassando apenas para conseguir que a massa se una formando uma bola.
Achate a bola de massa para formar um disco, envolva em filme plástico e leve à geladeira por 30 minutos.
Sobre uma superfície lisa, limpa e levemente enfarinhada, abra a massa com um rolo, formando um círculo de mais ou menos 26cm de diâmetro. Com cuidado enrole a massa no rolo e desenrole sobre a fôrma de torta. Corte o excesso de massa e aperte as bordas com um garfo ou com os dedos, para dar acabamento.
Reserve a massa no freezer enquanto prepara o recheio.

Prepare o recheio:
Preaqueça o forno a 180 graus.
Em uma tigela misture bem os ovos, o xarope de bordo, o rum, a baunilha e a manteiga derretida. Adicione a farinha, o sal e as especiarias e misture bem.
Espalhe as nozes picadas sobre a massa de torta preparada. Derrame a mistura de ovos sobre as nozes, completando a fôrma.
Coloque a fôrma de torta sobre uma assadeira retangular baixa e leve ao forno por 40 a 45 minutos. Se na metade desse tempo as bordas da torta ficarem douradas, proteja-as com papel alumínio no restante do tempo de forno [aqui em casa não precisei fazer isso].
Deixe esfriar completamente antes de servir.
Sirva com creme de leite fresco gelado batido em picos macios.